Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Mundo aos olhos da Joana

O Mundo aos olhos da Joana

Dom | 12.03.17

Ser Sociólogo(a)...

 

Muitos não sabem o que é, nem o que faz um Sociólogo, muitos não sabem o que é a Sociologia. E não critico ninguém, por não saber, pois para se saber é necessário aprender e em lado algum se aprende o que é a Sociologia (a não ser que no secundário escolha humanidades e como disciplina opcional Sociologia).

Antes de entrar na Universidade decidi perder tempo a conhecer cursos, vi coisas que nem sabia que existiam, incluindo Sociologia. Comecei a pesquisar e comecei a interessar-me, decidi concorrer e entrei, mas sem ter 100% de conhecimento do que se tratava (talvez nem 50%).

 

De um modo geral a Sociologia é a ciência que estuda o comportamento social, as relações sociais dos indivíduos em determinados grupos da sociedade. O Sociólogo é aquele que se dedica a pesquisar, investigar, estudar esses comportamentos para conseguir mostrar explicações, o porquê de a sociedade funcionar de uma determinada forma, se comportar de uma determinada maneira.

 

O Sociólogo é fundamental em praticamente todas as áreas: educação, saúde, política, marketing,comunicação social, entre outras. Em quase tudo que possam imaginar existe necessidade de um sociólogo: empresas, hospitais, câmaras, instituições, lares, escolas. É muito pouca a importância dada ao sociólogo em Portugal, muito pouca comparada com o trabalho que desempenha. Praticamente tudo tem explicações que são dadas pelos Sociólogos, devido a enormes pesquisas e estudos, mas esta parte, muitas vezes não chega "à boca do mundo", sabem-se os resultados das pesquisas, mas não se sabe de onde vêm (até se pode saber, mas ninguém está interessado em saber). 

 

Como Socióloga tenho imenso orgulho no curso que tirei, na quantidade de coisas que aprendi e das quais não tinha a mínima noção. Ser Sociólogo é ser curioso pelo que se passa à nossa volta e querer saber o porquê de tais coisas acontecerem... e existe, existe sempre um porquê.

 

A quantidade de críticas destrutivas que já ouvi sobre o curso que decidi tirar são imensas, mas vêm de pessoas que não têm a mínima noção da importância do curso, nem da importância que a sociedade e as relações sociais têm na vida dos indivíduos.

De uma coisa eu tenho certeza, desde que tirei o curso de sociologia nunca mais fui a mesma pessoa, mudei a minha forma de pensar em relação a muitos temas.

Como diria Foucault:

"Não me pergunte quem sou e não me diga para permanecer o mesmo."