Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Mundo aos olhos da Joana

O Mundo aos olhos da Joana

Seg | 17.04.17

A minha irmã e o seu jeito para rir onde e quando não deve!

Na passada sexta-feira eu e a minha irmã fomos à via sacra com a minha mãe (ela pediu-nos muito e lá lhe fizemos a vontade...Se não souberem o que é a via sacra peço desculpa mas pesquisem que como estou a meio gás, das festevidades, tenho preguiça de explicar). Estava uma noite um pouco fria então eu agarrei-me ao braço da minha irmã e como estávamos aborrecidas (a via sacra tornou-se demorada e o sistema de som estava péssimo, mal se ouvia) conversamos sobre diversos assuntos. 

 

Estava tudo normal (dentro do possível) até que a minha irmã olha para o céu e diz (num tom elevado): "Olha uma estrela cadente!" De repente as pessoas à nossa volta começaram a olhar para o céu e ver a estrela cadente e, às tantas, distrairam-se da via sacra.

Foi tão, mas tão embaraçoso que a minha irmã se tivesse um buraco tinha-se enfiado lá. Mas acham que ficou por aqui? Claro que não... Rir em locais menos próprios é das coisas mais complicadas e embaraçosas que há, mas a minha irmã tem um dom para o fazer... A rapariga nem tem culpa as coisas "saltam-lhe aos olhos". 

 

Havia bastante gente na via sacra e sem querer a minha irmã pisou uma senhora e por azar a senhora acabou descalça... Numa situação normal a minha irmã pedia desculpa, a senhora calçava-se e problema resolvido. Mas não! A senhora desatou a dizer que estava descalça e passar entre as pessoas para se desviar da via sacra e calçar-se e no meio disto tudo a minha irmã fica com vergonha de pedir desculpa e desata a rir (o que vale é que a senhora não percebeu)...Ela tanto riu que me deu vontade de rir e desatamos as duas feitas parvas às gargalhadas no meio da procissão que de alegre nada tem.

 

As coisas podiam ter acabado por ali, mas não teriam piada. Uns metros mais à frente a senhora que a minha irmã tinha pisado tropeça e quase cai...Descalabro total, gargalhadas minhas e da minha irmã por todo o lado e a nossa mãe olhava para nós com cara de "parem de se rir imediatamente", mas não deu para parar.

O mais parvo é que numa situação normal nós não nos íamos rir, acho que o facto de ser num sítio "pouco indicado" para risos é o motivo para que uma pessoa se ria de coisas que normalmente não fariam rir. É como ir a um funeral e por alguma coisa rirmos (por mais insignificante e sem piada que seja), nunca vos aconteceu?

 

Conclusão: Não posso ir a lado nenhum com a minha irmã!

2 comentários

Comentar post